Este portal não manipula bolinho de perfis, mas usa a autenticação de cookie para técnico, de navegação e outras funções. Navegação, você aceita receber cookies no seu dispositivo. Ver as informações de todo
Italian Inglês French Portuguese espanhol

cultura

  • Segunda-feira, abril 27 2015

A inscrição da parte da UNESCO da Dieta Mediterrânea na Lista do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade representa o reconhecimento não só das suas qualidades como modelo alimentar saudável e equilibrado, mas, sobretudo, do seu imenso valor cultural e social. Na Itália, assim como na Espanha, no Marrocos, assim como em Portugal, consumir uma refeição tem um significado mais profundo que o simples ato de nutrir-se. Nos países do Mediterrâneo o alimento é um elemento fundamental na construção da identidade, seja individual que de grupo: “Nós somos aquilo que comemos”, dizia Feuerbach. O sentar juntos ao redor da mesa, o compartilhar as refeições, assume um significado solene, vira um ritual, que reforça as relações interpessoais, o senso de pertencimento à comunidade e a continuidade social dos indivíduos que a compõe. Durante as refeições são contadas histórias, valores são transmitidos, são perpetuados símbolos e tradições de geração em geração, revigorando dia após dia as relações entre aqueles que possuem o conhecimento e aqueles que aprendem.

Estes momentos de convívio, de afirmação e de reconstrução da identidade ao interno das comunidades, encontram a sua sublimação nas festas populares, demonstração da cultura da Dieta mediterrânea no seu componente de “sociabilidade rica e construtiva” e de “experiência de vida comum”. Além de ser uma expressão do elo entre homem e natureza, celebração das estações e dos produtos da terra, as festas populares são uma ocasião para fazer com que os cidadãos encontrem os “forasteiros”. As sagre italianas, como as romerías espanholas, as panigirias gregas e os Musso marroquinos, tornam-se uma ocasião de encontro para as diversas comunidades, durante as quais é possível reconhecer-se reciprocamente nas práticas sociais cotidianas comuns, tornando fácil a boa vizinhança, a paz e a irmandade entre os povos. As festas viram lugares onde se unem culturas diferentes entre elas, facilitando a paz social, a redescoberta das raízes comuns e a valorização de antigas tradições.

Meddiet - O portal da dieta mediterrânea é um projeto da Università degli Studi di Roma Unitelma Sapienza. Projeto realizado com a contribuição do Ministero delle politiche agricole alimentari e forestali - Decreto Ministerial n. 93824 de 30 dezembro de 2014.

Viale Regina Elena, 295 - 00161 Roma
Tel. 06-81100288 Fax 06-6792048
PI 08134851008