Este portal não manipula bolinho de perfis, mas usa a autenticação de cookie para técnico, de navegação e outras funções. Navegação, você aceita receber cookies no seu dispositivo. Ver as informações de todo
Italian Inglês French Portuguese espanhol

A rede das comunidades italianas

Com o objectivo de assegurar a protecção e valorização do reconhecimento da UNESCO, para permitir o monitoramento das iniciativas de preservação e valorização da dieta mediterrânica e maximizar os benefícios indiretos a partir do reconhecimento e permitir a sua participação mais ampla na comunidade nacional mais amplo, com o apoio do Ministério da Agricultura e Florestas ea contribuição científica da Universidade de Roma Sapienza Unitelma e Centro de Estudos para a dieta mediterrânea de Pollica, foi criada em setembro 18 2015 uma rede de comunidades italianas da dieta mediterrânica Património Cultural Imaterial da UNESCO.

A rede das comunidades da dieta mediterrânica, formado pelos signatários da Carta da dieta mediterrânea, é composta de instituições, organizações de investigação e da sociedade civil. Os componentes dessas três categorias, cumprir os requisitos específicos para ser demonstrado através do preenchimento de um formato e apresentado ao Ministério, pode reivindicar o título de comunidades da Dieta e UNESCO Património Mediterrâneo vai colaborar com o Ministério e com a comunidade para emblemático 'ativação do caminho virtuoso de preservação e valorização do reconhecimento da UNESCO.

Essas comunidades, em particular, deverão contribuir para o cumprimento das obrigações assumidas pelo Estado Italiano e pelas Comunidades Emblemáticas no dossiê aprovado pela UNESCO em novembro de 2010 e, sucessivamente, em dezembro de 2013 e comprometer-se com percursos de informação, valorização e difusão dos conhecimentos relativos à Dieta mediterrânea Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade UNESCO, segundo a natureza multidimensional do elemento.

A proteção e a promoção, através de diversos instrumentos, de valores de coesão e compartilhamento social, difusão do conhecimento, educação alimentar e desenvolvimento sustentável serão objetivos imprescindíveis da futura Rede das comunidades italianas que deverão programaras futuras atividades de salvaguarda e valorização da Dieta mediterrânea enquanto elemento reconhecido pela UNESCO, segundo a atual norma internacional.

A Carta da dieta mediterrânea é aberta à assinatura de todas as pessoas que possam demonstrar o cumprimento dos requisitos mediante o envio ao Ministério da Agricultura e Florestas para um formato específico.

Após o mapeamento dos sujeitos que desde 2010 ativaram os percursos de salvaguarda e valorização da Dieta Mediterrânea, prevista pelo projeto MEDDIET, dia 5 de maio de 2015, durante a primeira reunião de criação da Rede Nacional das Comunidades da Dieta Mediterrânea, foi formado o primeiro núcleo da rede, tendo em vista o evento de setembro de 2015 na Expo.

O 18 2015 de setembro na EXPO Milan o mapa de dados foi assinado pelos fundadores da rede comunitária das comunidades italianas da Heritage dieta mediterrânea UNESCO:
- As comunidades emblemáticas da Dieta Mediterrânica Património Mundial da UNESCO-Pollica Cilento;
- O Centro Internacional de Estudos sobre a dieta mediterrânica "Angelo Vassallo";
- Associação Nacional de Oil City;
- Cluster Bio-mediterrânica;
- CNR - Conselho Nacional de Pesquisa;
- Eco-museu da Dieta Mediterrânica dos álamos;
- Fundação Internacional da dieta mediterrânica;
- Forum de Cozinha Mediterrânica Cultura;
- Fórum Internacional da dieta mediterrânica de Imperia;
- Mediterranean Instituto Agronômico de Bari;
- Legambiente;
- MedEatResearch - Centro de Investigação Social sobre University Dieta Mediterrânica Orsola Benincasa Suor;
- Universidade de Milão-Bicocca;
- Universidade de Roma Sapienza Unitelma.

Para se candidatar a entrada para a rede é necessário preencher o formulário anexo e enviá-lo para o endereço indicado.

Documentos anexados

Meddiet - O portal da dieta mediterrânea é um projeto da Università degli Studi di Roma Unitelma Sapienza. Projeto realizado com a contribuição do Ministero delle politiche agricole alimentari e forestali - Decreto Ministerial n. 93824 de 30 dezembro de 2014.

Viale Regina Elena, 295 - 00161 Roma
Tel. 06-81100288 Fax 06-6792048
PI 08134851008